Liga-SP completa 31 anos nesta segunda-feira

Pavilhão Liga-SP. Foto: SRzd

Pavilhão Liga-SP. Foto: SRzd

A Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo completa 31 anos nesta segunda-feira (19).

Fundada em 1986, é responsável pelos Grupos Especial e de Acesso do Carnaval paulistano. Atualmente é presidida por Paulo Sérgio Ferreira, o Serginho, que ocupa o cargo desde maio de 2009.

Qualificada como organização da sociedade civil de interesse público, junto ao Ministério da Justiça, promove e produz os desfiles das vinte e duas escolas de samba que integram as principais divisões da folia na cidade.

Além de executar o espetáculo, a Liga é responsável pelo desenvolvimento cultural, social e econômico deste segmento do Carnaval. Ao longo destas mais de três décadas atravessou a mudança do palco de desfiles, saindo da Avenida Tiradentes para o sambódromo do Anhembi, inaugurado em 1991.

Também liderou o desmembramento do espetáculo do Grupo Especial em dois dias, dividindo as apresentações que eram realizadas apenas aos sábados, com a sexta-feira. Na gestão Serginho, saíram do papel os projetos da “Fábrica do Samba I”, entregue parcialmente, abrigando sete agremiações do Especial, e a “Fábrica do Samba II”, recebendo as entidades do Acesso. Ambas as instalações foram concebidas para receber os barracões das escolas, equacionando um problema histórico dos sambistas de São Paulo.

Comentários

srzd



mais notícias