Império de Casa Verde vai celebrar os 124 anos do cinema no Carnaval 2019

Logotipo do enredo da Império de Casa Verde 2019. Foto: Divulgação

Logotipo do enredo da Império de Casa Verde 2019. Foto: Divulgação

A escola de samba Império de Casa Verde lançou na noite desta terça-feira (15) o tema de seu desfile para o próximo ano.

A divulgação foi feita através da internet, na voz e imagem do novo carnavalesco imperiano, Flávio Campello.

O “Tigre Guerreiro” leva para o sambódromo do Anhembi em 2019 o enredo; “O Império contra-ataca”, título homônimo do clássico da série Star Wars. Originalmente lançado em maio de 1980, tornou-se um clássico do cinema entre fãs e críticos.

“Vamos comemorar na Avenida o aniversário de 124 anos de uma tecnologia que revolucionou a humanidade. Vamos retratar e relembrar grandes clássicos do cinema mundial. Esperem por um Império de Casa Verde novo, mas com a mesma garra de sempre. O cinema tem uma magia particular que emana na alma de todos, a emoção, a magia, o encanto. Agradeço a escola por acreditar nesse projeto, nesse sonho”, disse Campello.

“Com o objetivo de cantar os 124 anos da primeira projeção cinematográfica, realizada pelos irmãos Auguste e Louis Lumiére, a Império de Casa Verde irá abordar no carnaval de 2019, os grandes filmes que fizeram história no cinema…

Irá mostrar através da importância destas obras, o contexto individual de cada uma e as modificações que Hollywood sofreu na sua história através de gêneros e moda.

A tecnologia da sétima arte, destacou nomes, criou bordões e frases, e vestiu gerações. Dos cortes de cabelo às roupas espalhafatosas, de gestos a trejeitos copiados e imortalizados…

Nesta grande ópera popular, o Império Contra-Ataca e entra em cena numa divertida viagem “Hollywoodiana”, onde os personagens principais são os foliões e espectadores, que terão a oportunidade de ver e rever uma comunidade fantasiada de emoção e saudosismo, ao incorporar seus ídolos e estrelas de clássicos ao longo dos anos…

A proposta é fazer uma viagem ao mundo cinematográfico, de forma lúdica, rebobinando as linhas do tempo e revendo os filmes que marcaram época e encantaram gerações.

Inspirados nas listas dos melhores filmes de Hollywood, exaltaremos esses clássicos de maneira que todos viajarão para dentro dessas produções…

Veja e reveja! Procure encontrar e identificar durante os 65 minutos do nosso desfile, o seu filme favorito, convidamos a todos, a brincar com o Tigre numa imaginária sala de cinema, voltando ao tempo e fazendo da sétima arte um motivo a mais para sermos felizes”, diz texto divulgado pela agremiação. Veja a logomarca:

Logotipo do enredo da Império de Casa Verde 2019. Foto: Divulgação

Explanação aos compositores

Os compositores interessados em participar do concurso de samba-enredo na escola foram convidados a participar da explanação da história no próximo dia 22, às 20h30, na quadra social da agremiação.

O artista

Carioca, Flávio é arquiteto, cenógrafo e figurinista, e já emprestou seu talento para grandes escolas da cidade, entre elas, X-9 Paulistana, Mocidade Alegre e Dragões da Real. Ainda participou de projetos no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte.

Em 2017 foi campeão com a Acadêmicos do Tatuapé desenvolvendo o tema: “Mãe África conta a sua história: Do berço sagrado da humanidade à abençoada terra do grande Zimbabwe”. Num movimento inesperado, deixou a azul e branca após a inédita conquista desembarcando na coirmã Acadêmicos do Tucuruvi, onde assinou o enredo deste ano; “Uma Noite no Museu”.

Em razão de um incêndio que destruiu 90% das fantasias que estavam sendo produzidas para o desfile, na madrugada do dia 4 de janeiro de 2018, a escola da Zona Norte da capital paulista não foi avaliada pela comissão julgadora após decisão unânime dos presidentes de todas as demais entidades.

Flávio Campello. Foto: Divulgação

Mantendo a base

A diretoria do “Tigre”, comandada por Alexandre Furtado, segue apostando na manutenção do seu time.

Renovou os vínculos do coreógrafo André Almeida, do intérprete Carlos Junior, de mestre Zoinho, do diretor de harmonia Serginho e de Jessica e Rodrigo, primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira.

Com o enredo; “O povo. A nobreza real”, a Império ficou com a sexta colocação do Grupo Especial deste ano e, surpreendentemente, pelo que mostrou na Avenida, fora do desfile das campeãs paulistanas na temporada.

+ Relembre o desfile da Império de Casa Verde

Comentários




mais notícias

    gl