Imperador define samba e apresenta dupla de intérpretes

Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd - Guilherme Queiroz

Imperador do Ipiranga. Foto: SRzd – Guilherme Queiroz

Neste sábado (12) a escola de samba Imperador do Ipiranga escolheu o hino do seu enredo 2018: “Solidariedade. A explícita magia de sonhar, amar, viver, em prol do bem”.

Acompanhados de suas torcidas, três parcerias de compositores se apresentaram acompanhados pela bateria de mestre Vitor Velloso e disputaram a preferência da comissão julgadora, que optou pela obra assinada por Max, Neto, Grandão, Fadico, Totonho, Joabil Jr, Luciano Costa e Arakem.

+ Clique aqui para assistir ao vídeo do anúncio do resultado

+ Clique aqui para ouvir o samba campeão

Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd - Guilherme Queiroz
Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd – Guilherme Queiroz

Segundo a se apresentar, o samba, inscrito como número 5, teve no comando dos microfones o intérprete Tinga, da Unidos da Tijuca e Luciano, que além de compositor é intérprete e um dos autores do samba para 2018 da Gaviões da Fiel, que foi escolhido na madrugada do último sábado.

Este foi o quarto samba a ser definido entre as oito agremiações que integram o Grupo de Acesso do Carnaval de São Paulo 2018; Nenê de Vila Matilde, Colorado do Brás e Barroca Zona Sul, já haviam anunciado as músicas que embalarão seus desfiles.

Regulamento pedia; ‘melodia vibrante e refrões para cima’

O regulamento da eliminatória de samba na Imperador do Ipiranga, que teve início em 29 julho, foi bastante incisivo naquilo que gostaria de ter como produto das obras concorrentes. O documento, bem detalhado, indica os caminhos que os poetas deviam seguir na concepção de cada obra.

Vale lembrar que este ano, quando reeditou o clássico hino, originalmente apresentado em 2004; “Ipiranga, berço esplêndido de um povo heroico”, a escola foi penalizada no quesito, perdendo décimos preciosos.

Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd - Guilherme Queiroz
Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd – Guilherme Queiroz

Segundo as regras, estavam proibidos de participar do concurso membros das diretorias executiva, deliberativa e fiscal, além daqueles que integram algum outro departamento. Foram dois os critérios para julgamento das canções: melodia e letra, recebendo notas inteiras, de cinco à dez.

O samba devia enquadrar-se no novo Manual de Critérios de Julgamento 2018 da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo, documento ainda não disponibilizado para a imprensa.

As orientações passadas pela agremiação pediam ainda uma obra com “melodia vibrante e coerente com a sinopse”, com “informações precisas, sem palavras de duplo sentido e de baixo calão”, com “refrões para cima e de fácil dicção”.

Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd - Guilherme Queiroz
Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd – Guilherme Queiroz

Relembre o calendário completo da disputa

29 de Julho

Apresentação dos concorrentes e primeira eliminatória

5 de Agosto

Segunda eliminatória

12 de Agosto

Final

Finalmente, aos participantes do concurso foi informado que a parceria campeã da disputa recebe premiação no valor de R$ 5 mil.

Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd - Guilherme Queiroz
Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd – Guilherme Queiroz

Análise antes do resultado

Antes do novo hino da Imperador ser anunciado para a comunidade e público presente, o SRzd ouviu a opinião de representantes importantes da agremiação sobre as obras concorrentes.

Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd - Guilherme Queiroz
Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd – Guilherme Queiroz

Clique nos players abaixo para ouvir

Maxsuel José Costa, vice-presidente

Eduardo Caetano, carnavalesco

 Leitores do SRzd deram ampla vantagem para o samba de Turko e cia

SRzd Carnaval SP perguntou a opinião de seus leitores sobre a decisão na agremiação da Zona Sul da cidade de São Paulo. Veja o resultado do levantamento que esteve no ar durante os dias 10 e 11 de agosto.

Ouça as outras duas parcerias finalistas

+ Compositores: Turko, Maradona, André Ricardo, Rafa do Cavaco, André Filosofia, Diley Machado, Nando do Cavaco e Matheus Azevedo

Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd - Guilherme Queiroz
Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd – Guilherme Queiroz

+ Compositores: Edmilson Silva, Jackson Silva, Marcelo Careca, Panda e Wilson

Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd - Guilherme Queiroz
Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd – Guilherme Queiroz

 Duas vozes para substituir Adeílton Almeida

A Imperador do Ipiranga, através de seu presidente, Eduardo de Lukas, informou ao portal SRzd na noite de 3 de agosto que, Adeilton Almeida não fazia mais parte do elenco da entidade.

Adeilton estreou na agremiação da Vila Carioca no último Carnaval, substituindo Fernandinho SP. Em 22 de março deste ano foi anunciada a sua renovação para 2018, mas o vínculo foi interrompido, segundo Lukas, em decisão que se deu em comum acordo.

Para substituir o irreverente intérprete, uma dupla; Rodrigo Atração e Juninho Berin. Para Atração, cantar em dupla nos desfiles de escola de samba não é uma novidade, ele dividiu a função com Chitão Martins por quatro temporadas na Colorado do Brás, além de acumular passagens por outras coirmãs da cidade, entre elas, Império de Casa Verde e Uirapuru da Mooca.

Berin, recentemente eleito para integrar a diretoria da Uesp, a União das Escolas de Samba Paulistanas, é nome conhecido do segmento, atuando como cantor por escolas como Camisa Verde e Branco e Acadêmicos do Tatuapé, além de compositor de inúmeros sambas de enredo do Carnaval de São Paulo.

Juninho Berin e Rodrigo Atração. Foto: SRzd - Guilherme Queiroz
Juninho Berin e Rodrigo Atração. Foto: SRzd – Guilherme Queiroz

Em entrevista ao SRzd, o presidente Eduardo de Lukas justificou a escolha da nova dupla de cantores da escola.

Ouça a entrevista

Dupla concede primeira entrevista como vozes da Imperador

Antes de subirem ao palco para a apresentação oficial, que teve direito a queima de fogos e vibração da comunidade, Rodrigo e Juninho falaram sobre a felicidade em realizar um trabalho em conjunto.

Clique no player abaixo para ouvir

Conheça o time completo da Imperador para o Carnaval de 2018

Imperador

Intérpretes 

Rodrigo Atração e Juninho Berin

Mestre de bateria

Vitor Velloso

Primeiro casal de MSPB

Júnior Carraro e Suellen Aman

Coreógrafa da comissão de frente

Aysla Martins

Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd - Guilherme Queiroz
Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd – Guilherme Queiroz
Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd - Guilherme Queiroz
Final de samba-enredo da Imperador do Ipiranga 2018. Foto: SRzd – Guilherme Queiroz

Veja a logomarca do enredo 2018 da Imperador do Ipiranga

Comentários

srzd



mais notícias