Voa, liberdade! Parceria de Cláudio Russo vence disputa de samba da Rocinha

Parceria de Cláudio Russo, Diego Nicolau, Renato Galante, Kirrazinho, Ralf e Fadico venceram as eliminatórias da Rocinha. Foto: Eliane Pinheiro/SRzd

Estamos em agosto, mas já tem samba-enredo para o Carnaval 2019. O Acadêmicos da Rocinha escolheu na noite deste sábado (25) o hino que levará para a Marquês de Sapucaí para representar o enredo “Bananas para o preconceito”. Após a apresentação dos cinco finalistas, a diretoria da agremiação optou pelo samba de Cláudio Russo, Diego Nicolau, Renato Galante, Kirrazinho, Ralf e Fadico.

– Ouça o samba vencedor

A parceria vencedora foi a última a se apresentar na quadra da escola. Com passagem forte, o ponto alto ficou por conta do refrão principal: ‘Voa, liberdade! Entra na roda, sinhá. Meu povo quer igualdade, respeito. Essa luta é tanto sua, quanto minha. Vai ter kizomba no quilombo da Rocinha!”; e do início da primeira parte: “Tire o preconceito do caminho, que eu quero passar com minha cor”, frase que estampou a camisa dos compositores e faz alusão ao samba “A flor e o espinho” de Nelson Cavaquinho.

Veja a apresentação do samba campeão:

Para o Carnaval 2018, a Rocinha havia optado por encomendar o samba. A obra do último desfile obteve dois 10, um 9,8 e um 9,7, totalizando 29,8 pontos. Sobre a mudança para o modelo de eliminatórias, o presidente Ronaldo Oliveira disse: “Optei pela disputa de samba porque eu não gosto de perder a espontaneidade e a magia do Carnaval. A ala de compositores tem que ser valorizada. E conseguimos uma forma de viabilizar tudo isso. Recebemos os sambas nos CD’s, escolhemos os melhores e levamos para a final”.

Apesar do concurso rápido e aparentemente sem grandes custos, se comparado a outras agremiações, não foi fácil escolher apenas uma composição: “Me deu até dor de cabeça, porque a disputa foi muito boa”, completou o presidente.

Veja o momento do anúncio da parceria vencedora:

Wilson Moisés é apresentado como diretor de Carnaval

Conforme antecipado pelo SRzd, Wilson Moisés é o novo integrante da equipe da Rocinha para o Carnaval 2019. O sambista chega para comandar a direção de Carnaval e foi apresentado à comunidade neste sábado (25). Moisés discursou no palco e prometeu trabalho e dedicação para conquistar bons resultados.

Quando um samba é bem trabalhado, todo mundo respeita

Antes da final, em conversa com o SRzd, o diretor já havia dito o que acreditava que o samba campeão da escola deveria ter para representar bem a agremiação. Moisés também elogiou a safra e disse que havia entre os finalistas uma obra espetacular.

“O samba tem que ter garra, tem que ter pegada. A letra e a melodia tem que conquistar o público de todas as escolas, como Vila Isabel 2013, que qualquer um sabe cantar, e tira o chapéu para ‘Festa no Arraiá’. Quando um samba é bem trabalhado, todo mundo respeita. Tenho certeza que a Rocinha vai fazer bonito”, disse.

Equipe renovada em busca do título

Na busca por melhor colocação em 2019, uma vez que no último desfile conseguiu apenas a 11ª colocação na Série A, a Rocinha mudou grande parte da equipe. Trouxe o carnavalesco Júnior Pernambucano, o intérprete Ciganerey e o casal de mestre-sala e porta-bandeira Vinicius Jesus e Viviane Oliveira. A bateria segue comandada por mestre Júnior, assim como sua majestade permanece sendo Mônika Oliveira.

Confira a apresentação dos passistas ao som da bateria Ritmo Avassalador:

Após três carnavais e um campeonato na Mangueira, Ciganerey se mostrou entusiasmado com o novo desafio: “É com muita honra e orgulho que faço parte dessa casa maravilhosa chamada Acadêmicos da Rocinha. Uma escola que estou abraçando e farei de tudo para levá-la ao Grupo Especial”.

O resto da equipe da azul e verde da Zona Sul também conversou com o SRzd e gravou um vídeo especial contando os bastidores dos preparativos para o Carnaval 2019. Assista:

Confira as apresentações dos outros finalistas:

Primeiro samba: Jotinha, J. Peixão, Jorge Maia, Zé Luiz, Junior Assis, Rafael Lima

Segundo samba: Amauri Cardoso, Fred Lima, JR. Vidigal, Vinicius Sá, Edson Popular, Serginho Aguiar.

Terceiro samba: Mc Galo, Franco Nascimento, Jaci Campos Grande, Pedro Lagato, Pedro Guimarães, Laio Lopes

Quarto samba: Dudu Nobre, Moises Santiago, Anderson Benson, Vinicius Ferreira, Leandro da Rc, Flavinho Senegal.

Galeria de fotos

Comentários




mais notícias

    gl