Presidente da Mangueira decide banir componente que promoveu ‘festa pornográfica’ na quadra

Mangueira lamenta festa pornográfica realizada em sua quadra. Foto: Reprodução de Internet

Mangueira lamenta festa pornográfica realizada em sua quadra. Foto: Reprodução de Internet

A quadra da Estação Primeira de Mangueira foi palco no último domingo (14) de um evento que ganhou grande repercussão nas redes sociais não pelo cunho cultural. A própria diretoria da verde e rosa, em nota oficial, definiu a atividade como “festa pornográfica”.

De acordo com relatos e fotos compartilhadas nas redes sociais, o evento foi programado para comemorar os 50 anos de uma mulher. O SRzd teve acesso a vídeos e fotos da festa, com apresentações de gogo boys e strippers, mas optou por não tornar público o conteúdo aos leitores.

A festa ousada já rendeu uma punição para a aniversariante, identificada pelo presidente da escola, Francisco Manoel de Carvalho, o Chiquinho da Mangueira, como Márcia Gaya. Ele resolveu baní-la da agremiação.

“Ela está eliminada como componente da escola. Não pode mais frequentar nem fazer nenhum tipo de evento na quadra”, determinou Chiquinho, acrescentando que a punição vigora enquanto ele for presidente da agremiação, cujo atual mandato vai até abril. Márcia também está proibida de desfilar.

Em entrevista ao “Extra”, Chiquinho contou que foi surpreendido com a repercussão dos vídeos e imagens da comemoração postados na internet e que está reunindo elementos para formalizar uma queixa na delegacia. A moradora responsável pela festa optou por não comentar o assunto.

“Ela mora no morro. Pediu para comemorar os 50 anos de vida dela lá na quadra, porque não tinha condições de alugar um salão de festas. Ela queria reunir a família e eu autorizei como autorizo há cinco anos – a cessão gratuita da quadra para moradores – e a gente foi surpreendido quando no dia seguinte viu os vídeos na internet. Isso é um desrespeito com a Mangueira. Ela como moradora do morro, é do Chalé, como desfilante da Mangueira,  faz parte da ala da comunidade, não podia ter feito o que fez. Está suspensa de tudo”, completou o comandante da verde e rosa.

Comentários




mais notícias

    gl