Museu do Samba retoma gravação de depoimentos com bambas do samba

Fachada do Museu do Samba. Foto: Diego Mendes

Fachada do Museu do Samba. Foto: Diego Mendes

A temporada 2018 de depoimentos do Museu do Samba já começou e o espaço convida todos a conhecerem um pouco mais da história de bambas do samba carioca, no projeto “Memórias das Matrizes do Samba” no Rio de Janeiro.

Os relatos são registrados através da gravação de depoimentos, onde memórias e saudades de quem trabalha duro para construir esse que é um dos símbolos do Brasil são relembradas.

A ação, que é apresentada pelo Ministério da Cultura e patrocinada pelo Pontofrio, irá receber no dia 9 de junho, às 10h, o compositor Sérgio Fonseca e a porta-bandeira Rita Freitas, que grava seu depoimento às 13h.

Sérgio é, além de compositor, letrista, poeta e cronista, tendo seus sambas gravados por grandes nomes da música, como Noca da Portela, de quem foi parceiro e Neguinho da Beija-Flor, que levou para a Sapucaí o enredo “Uni, duni, tê a Beija-Flor escolheu você”, de Sérgio, Wilson Bombeiro e Edeor de Paula, em 1993. Rita, por sua vez, foi porta-bandeira do Salgueiro por muitos anos, atuando também no Império Serrano, sempre impondo na avenida um jeito único de dançar, que mesclava passos de jazz e balé, conquistando cinco “Estandartes de Ouro” ao longo de sua carreira.

O Museu do Samba já gravou mais de 100 depoimentos, entre eles o de Leci Brandão, Monarco, Bira Presidente e Nelson Sargento. A iniciativa tem por objetivo preservar a história do samba, valorizando o papel do sambista na construção cultural desse traço da identidade nacional. Os depoimentos ficam disponíveis para consulta pública no acervo do Museu.

Em 2018, serão realizados registros de 12 bambas do samba. Para assistir às gravações ao vivo, basta enviar e-mail para [email protected] e aguardar a confirmação, pois as vagas são limitadas. Toda a programação é gratuita e aberta ao público.

Serviço

Gravação para o projeto “Memória das Matrizes do Samba do Rio de Janeiro”, com Sérgio Fonseca e Rita Freitas.
Data: sábado, 9 de junho
Horário: 10h – Sérgio Fonseca ; 13h – Rita Freitas
Endereço: Rua Visconde de Niterói, 1296 – Mangueira
Entrada: Gratuita
Inscrições: [email protected]
Informações: (21) 3234-5777
Classificação: Livre

Comentários




    gl