Maratona da Intendente! Componentes desfilam em várias escolas em noite de Série B

Ritmistas correm para desfilar. Foto: SRzd.

Um dos fatos mais curiosos das apresentações na Intendente Magalhães é a maratona de desfiles que muitos componentes fazem. Nesta terça-feira (13), dia da Série B, várias foram as pessoas que desfilaram em uma escola, correram de volta para a concentração, arrumaram fantasia e passaram pela pista novamente. A prática, muito comum, já é marca dos desfiles.

“Ah, eu faço a Ivete Sangalo. Desfilo, corro, volto, pego fantasia e saio de novo”, contou Gabriel Nicolau, 25 anos. O folião é ritmista e toca agogô. Só nesta terça de Carnaval, Gabriel passou por seis escolas, metade do grupo, que abriga doze. O ritmista contou que, uma semana antes da festa, passa por sessões de fisioterapia para aguentar a maratona. Além das seis agremiações da Série B, Gabriel ainda desfilou em escolas do Grupo Especial e Série A. “Aqui é Carnaval de verdade. As escolas se sacrificam pra botar um desfile digno na rua”, afirmou o ‘maratonista’.

Filho de peixe, peixinho é

Ian Martins. Foto: SRzd.

Ian Martins, 23, é outro que faz maratona quando chega o Carnaval. Também de bateria, o folião é filho de mestre Capoeira, ex-Império da Tijuca. Seguindo os passos do pai, Ian toca qualquer instrumento. Desfilou de cuíca na Cabuçu, chocalho na Em Cima da Hora e caixa na Vizinha Faladeira, todas escolas da Série B. “Ano passado desfilei em cinco (escolas da Série B) e no total do Carnaval eu desfilei em 15, tanto que esse ano eu diminui”, contou.

O filho de Capoeira explicou de onde vem a vontade de desfilar várias vezes num mesmo dia: “É muito da amizade. A gente fica muito próximo do diretor, do mestre… aí eles convidam e eu acabo aceitando. Tem vezes que consigo ensaiar antes, outras não”.

Comentários




mais notícias

    gl