Mangueira altera data da final de samba-enredo

Pavilhão da Mangueira. Foto: Reprodução

Pavilhão da Mangueira. Foto: Reprodução

Sem oferecer explicação, a Estação Primeira de Mangueira alterou o dia que seria realizada a final da sua disputa de sambas-enredo. Antes marcada para 29 de setembro, a escolha do novo hino será realizada, agora, no dia 13 de outubro. Diversos admiradores da escola de samba se mostraram indignados com a mudança por meio de comentários na página da Mangueira no Facebook.

O comunicado foi postado na noite da última quinta-feira (13) na página oficial da Mangueira. “A Escolha do Samba-Enredo da Mangueira foi transferida para o dia 13 de outubro, sábado, a partir das 22h no Palácio do Samba”, destacou a nota. Ainda é esperado um pronunciamento da escola.

Mangueirenses criticam mudança

A alteração no calendário fez com que mangueirenses que residem fora do Rio demonstrassem sua indignação no Facebook da escola. Na postagem do comunicado, admiradores da Mangueira deixaram mensagens nas quais pediam que data original fosse mantida. “Inacreditável. Gente, a escola tem componentes e torcedores do mundo todo. Eu sempre me organizo para estar aí desfilando, não perco a final. Agora tudo comprado e pago simplesmente mudam. Que falta de respeito e consideração. E agora?! Espero que revejam esta arbitrariedade. Sou de Porto Alegre/ RS. Lamentável!”, escreveu uma internauta.

Um outro admirador da agremiação também lembrou a grande quantidade de pessoas que planejam viagens para acompanhar o calendário da escola.  “Achei uma falta de respeito essa mudança de data assim de última hora. Pois, os mangueirenses que residem fora do Rio, como é o meu caso, já compraram passagem aérea e reservaram hotel para o dia 29 achando que iria assistir a grande final. E são pegos de surpresa com a notícia de alteração da data, que foi oficializada e divulgada com bastante antecedência. A diretoria da escola podia ser sensível e lembrar que muitos mangueirenses de diversos lugares se organizam com antecedência de acordo com o calendário que a escola publica”, desabafou.

Comentários




mais notícias

    gl