Lúcia Mello aciona Liesa e Tuiuti; primeira audiência não tem acordo

Lúcia Mello. Foto: Arquivo pessoal

Lúcia Mello. Foto: Arquivo pessoal

A fotógrafa Lúcia Mello foi uma das vítimas da maior fatalidade do Carnaval 2017: os acidentes na Sapucaí.

Lúcia foi atropelada pela última alegoria do Paraíso do Tuiuti, que perdeu a direção e fez com que a fotógrafa ficasse presa na grade que separa o Setor 1 da pista de desfiles.

Passado mais de um ano, aconteceu nesta terça-feira (13) a primeira audiência de conciliação, uma vez que a fotógrafa acionou a justiça contra a Liesa e a agremiação, atual vice-campeã do Grupo Especial. O primeiro encontro não estabeleceu um acordo entre as partes. Lúcia acusa as duas entidades por danos morais e acidente de trânsito. Veja o documento assinado pelo conciliador Antônio Carlos Coimbra:

 

Comentários




mais notícias

    gl