Filho de Falcon, Falconi desfilará ao lado de Danielle Nascimento

Falconi e Danielle Nascimento. Foto: Arquivo Pessoal

Danielle Nascimento, porta-bandeira da Portela, em conversa com o SRzd Carnaval, revelou que Falconi, filho de Marcos Falcon, desfilará ao seu lado para representar a figura do pai. Ela contou ainda que Falcon abria os desfiles da azul e branco de Madureira porém em todas as apresentações para os julgadores ficava ao seu lado:

“O Falcon desfilava na frente da escola mas a partir do ano passado ele veio me acompanhando até o fim. Esse ano ele já tinha prometido fazer a mesma coisa. Após seu falecimento eu fiquei muito abalada e conversando com o Falconi eu pedi para que ele desfilasse ao meu lado para me dar força. Quem olha para o Falconi vê a presença do pai dele”, revela.

Veja a foto em que o ex-presidente Falcon no desfile oficial, em 2016:

Falcon (à direita), no desfile da Portela de 2016. Foto: Arquivo Pessoal/ Facebook
Falcon (à direita), no desfile da Portela de 2016. Foto: Arquivo Pessoal/ Facebook

A porta-bandeira explicou o tamanho da representatividade de Marcos Falcon para ela, mostrou gratidão ao patrão e disse que sua presença ia além de seu lado profissional:

“Marcos Falcon representava muito mais do que se imagina. Ele ia além do meu presidente, do meu patrão e do meu lado profissional. Estará sempre guardado. Profissionalmente representava a pessoa que me redescobriu, que acreditou em mim, no meu talento, no meu trabalho. Ele confiou, me preparou, me prometeu, cumpriu tudo e deu muito mais do que prometeu. Por causa dele a minha dança melhorou e eu melhorei como pessoa. Ele é incomparável. A liderança, eu acho que depois do meu avó Natal, foi o único presidente que fez isso em tão pouco tempo. Para mim ele é um mito e está registrado na história da Portela e na minha vida pessoal e profissional”.

Recentemente, Nascimento sinalizou que este será seu último Carnaval com o pavilhão portelense. Ela também falou sobre o assunto:

“Estou na entrega total neste Carnaval pela minha família e pelo Falcon. Estou 100% Portela, só que foi o Marcos Falcon que me resgatou. Ele me dava uma estrutura, me blindava, me dava uma equipe. Ele queria me fazer uma das porta-bandeiras das mais tops. Chegou a comentar que para ele eu já estava entre as três melhores. Eu sei que sem ele não será a mesma coisa, então eu prefiro sair. É preciso saber o momento para se encerrar os ciclos. Não posso afirmar que vou parar de dançar. Só Deus sabe”, contou Danielle.

Ela disse também que não imagina quem poderia ser a sua substituta no cargo de primeira porta-bandeira da Portela:

“Eu sinceramente não sei e eu nem tenho o direito de escolha. Até porque as vezes a escolha pode não ser a melhor. Que seja feita a vontade de Deus”, concluiu.

Comentários




    gl