Alto nível dos sambas marca festa de lançamento do CD da Série A

Déo Pessoa, presidente da Lierj, discursa no palco durante a festa de lançamento do CD. Foto: João Carlos Martins.

A elogiada safra de sambas de enredo da Série A para o Carnaval 2018 mostrou, neste domingo (26), na quadra do Acadêmicos do Salgueiro, cedida pela presidente Regina Celi, o motivo de ter caído no gosto do público. As 13 obras que compõem o CD foram apresentadas pelas respectivas escolas na confraternização de lançamento do disco, organizada pela Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, Lierj.

Déo Pessoa, presidente da Liga,  foi um dos que elogiou a safra e o trabalho realizado pelas escolas em conjunto com a produção do CD: “Gostamos muito! Nós trabalhamos bastante, desde antes das escolhas dos sambas, e pedimos que as agremiações pudessem escolher belas obras para que pudessem facilitar nosso trabalho na produção do CD. Graças a Deus, as escolas tiveram cuidado e discernimento, mas não só isso, como também as belas obras apresentadas durante as eliminatórias, resultaram nesse belo projeto que a gente tá trazendo pro mercado”.

Antes do show das agremiações, um grupo de samba comandado pelo intérprete do Salgueiro e produtor do CD, Leonardo Bessa, abriu os trabalhos por volta de 14h. Logo após, um conjunto de passistas organizado por Patrick Carvalho riscou o palco da quadra com muito samba no pé. O diretor de Comunicação da Lierj, Ralph Guichard, foi o responsável por realizar sorteios de CD durante os intervalos, que entreteve grande parte do público.

Passistas se apresentam na confraternização de lançamento do CD da Série A 2018. Foto: João Carlos Martins.

CD DE 2016 É O MAIS VENDIDO DA GRAVADORA SOM LIVRE

A festa também serviu de comemoração para uma grande marca que a Lierj e as escolas da Série A alcançaram. O disco dos sambas de enredo de 2016 foi o mais vendido dentre todos os produtos da gravadora Som Livre e superou, inclusive, os CDs dos grandes sucessos de sertanejo.

Como forma de reconhecimento e premiação, a gravadora concedeu a Lierj, através do presidente Déo e do vice-presidente Thor, um troféu comemorativo pela marca atingida.

LIERJ MANTÉM PREÇO DOS INGRESSOS DE FRISA E ARQUIBANCADA

Também durante a confraternização, Déo Pessoa fez questão de salientar que os valores dos ingressos para os desfiles de sexta e sábado da Marquês de Sapucaí continuam os mesmos do ano passado. Segundo ele, o público não pode pagar pela crise financeira que atinge o Carnaval.

“Vamos manter o mesmo valor dos ingressos, tanto de frisa, quanto de arquibancada. Nós não vamos fazer nenhum repasse financeiro para o público, mesmo com esse corte que está acontecendo”, afirmou Déo.

Dessa forma, os ingressos para todos os setores de arquibancada, com exceção do 9, custarão R$ 15. O setor 9 será comercializado a R$ 50. Já as frisas terão preço que varia de R$ 750 a R$ 1200, com espaço para quatro e seis pessoas.

VEJA AS APRESENTAÇÕES DAS ESCOLAS

Unidos do Viradouro

Estácio de Sá

Unidos de Padre Miguel

Unidos do Porto da Pedra

Acadêmicos da Rocinha

Império da Tijuca

Acadêmicos do Cubango

Inocentes de Belford Roxo

Renascer de Jacarepaguá

Acadêmicos do Sossego

Acadêmicos de Santa Cruz

Alegria da Zona Sul

Unidos de Bangu

Comentários




    gl