CHAT FOLIA: Praça dos Boêmios quer exaltar o Brasil e aposta em formato diferente de alegorias

Barracão da Praça dos Boêmios (Divulgação)

Esta será a segunda tentativa do presidente Felipe Marcelino de entrara para a União das Escolas de Samba de Maquete, mas também será o primeiro desfile oficialmente participante. E para se destacar das demais agremiações ele aposta numa viagem pela cultura e história do Brasil que contará com carros alegóricos realistas e diferentes do que estamos acostumados a ver no carnaval de maquete da UESM.

Não se esqueça os desfiles do Grupo B acontecem nos dias 14 e 15 de Outubro a partir das 14h30 no site www.uesm.com.br

Confira a entrevista completa:

-Quem são os componentes e quais as funções?

Atualmente a agremiação conta apenas com o seu presidente para desenvolver todas as funções necessárias para o desfile.

-Explique a escolha do nome, do símbolo e das cores da escola.

Em frente ao barracão da escola, existe uma praça, carinhosamente chamada de “Pracinha”. A referida foi palco de diversos momentos que marcaram muito minha infância, bem como minha adolescência como festas, encontros com os amigos, etc. Por esta razão, o nome Praça faz referência mesmo a “Pracinha” e o Boêmios faz referência aos momentos de diversão e alegria que vivenciei no local.

– Como surgiu a ideia de criar uma escola de samba de maquete e participar da UESM?

Comecei a fazer carnaval em maquete no ano de 2008, dentro de uma casa vazia que ficava ao lado da minha residência em Ipatinga/MG. Era um carnaval bem simples: os componentes eram tampinhas de refrigerante, as fantasias eram feitas com enfeites de casa como flores dos arranjos da minha mãe, os carros tinham como base caixas de fita cassete e os queijos potes de margarina, para dar forma utilizava bonecos. Haviam outras escolas que competiam comigo. Realizei 4 desfiles e me consagrei campeão em três ocasiões. Entrei na UESM através de um convite após demonstrar interesse, comentar e curtir alguns vídeos disponibilizados nas redes sociais da liga.

Como é o seu relacionamento com o carnaval?

Sou APAIXONADO POR CARNAVAL, mesmo não possuindo contato direto com os trabalhos feitos no Rio de Janeiro ou em São Paulo, sempre utilizo a internet para me manter atualizado com notícias, curiosidades, acompanhando disputas de sambas e etc. Durante o carnaval, acompanho as quatro noites de desfiles sem piscar.

-Desfila? Assista? Produz? Curte blocos, desfiles?

Já desfilei até o ano de 2008 em minha cidade. Em Carangola aconteciam desfiles de escolas de samba, cada bairro montava seu desfile. Desfilei quatro anos na comissão de frente. Após as escolas enrolarem suas bandeiras em 2008 nunca mais tive contato com o carnaval de desfiles.

– Já participou de outras ligas de carnaval na internet?

A UESM é a primeira liga que estou tendo o privilégio de participar.

Qual será o seu diferencial para se destacar em meio as 15 agremiações do Grupo?

Todas os presidentes e carnavalescos, que até o momento pude apreciar o trabalho mais de perto, se mostraram extremamente talentosos. Sobressair em meio a tanto talento é uma tarefa e tanto! Acredito que um dos pontos fortes da minha escola, para este carnaval, é o acabamento nas fantasias e alegorias. Como sou perfeccionista, busco ao máximo deixar impecável. Quando algo não saia com o efeito planejado, desmancho uma fantasia toda e faço tudo novamente, por exemplo. Acredito também que o modelo de alegoria que estou trazendo para este ano, algo mais bruto e com um toque realista, atrairá bastante à atenção dos espectadores.

 

Participe, inscreva sua escola pelo email: [email protected]

Saiba mais sobre o Carnaval de Maquete da UESM

Página oficial

Facebook

Youtube

Instagram

*em colaboração voluntária ao SRZD

Comentários

srzd



mais notícias