Indignado com críticas, locutor que substituiu Garotinho contou o que aconteceu no estúdio

Anthony Garotinho. Foto: Reprodução

O ex-governador Anthony Garotinho (PR) foi preso pela Polícia Federal (PF) nesta quarta-feira (13) durante a apresentação do seu programa na Super Rádio Tupi, do Rio de Janeiro. Um pouco depois dos policiais retirarem Garotinho do estúdio, a produção do programa foi em busca de um substituto. Na emergência, pediu para o locutor e jornalista Cristiano Santos que ficasse no lugar de Garotinho e prosseguisse a transmissão.

Cristiano Santos. Foto: Divulgação
Cristiano Santos. Foto: Divulgação

Em entrevista ao SRzd, Cristiano contou que nesta terça (12) Garotinho estava rouco, praticamente sem voz, e que ele já o havia substituído no dia. Por isso, pensou que o problema de saúde tivesse se repetido.

Ouça a primeira participação de Cristiano Santos, logo após a saída de Garotinho. Sem saber ao certo o que estava acontecendo no estúdio, Cristiano improvisa e acaba dando margem para as críticas que passou a receber mais tarde:

Por não informar aos ouvintes da Tupi que Anthony Garotinho tinha sido preso, o locutor recebeu críticas de muita gente, inclusive, as do apresentador José Luiz Datena, que estava no ar no mesmo horário na rádio Bandeirantes de São Paulo.

Datena disse que a fala de Santos foi uma “imbecilidade”. E completou: “Eu mandava ele embora hoje (13). Ele perdeu a credibilidade, se é que tinha alguma. Era muito mais fácil falar a verdade”.

Ouça a fala completa de Datena:

Ao SRzd, Cristiano Santos explicou o que aconteceu e mostrou-se indignado por ter sido “julgado e condenado”, sem chances de contar a verdade dos fatos. Ouça a entrevista:

Nas redes sociais, circula um vídeo de um trecho do programa televisivo de Datena exibido na noite desta quarta-feira (13) onde ele faz outra menção a prisão de Anthony Garotinho.

Assista:

Comentários

srzd



mais notícias