Emprego – é para comemorar!

Carteira de Trabalho. Foto: Divulgação

Carteira de Trabalho. Foto: Divulgação

O resultado referente ao saldo entre admitidos e desligados divulgado pelo Ministério do Trabalho materializou a tendência já observada em alguns indicadores econômicos que temos acompanhado nos últimos meses.

Após a apresentação dos dados oficiais algumas análises em direções opostas puderam ser observadas. Vale destacar, porém, que embora com um número que na sua forma dessazonalizada não tenha mantido o ritmo dos meses anteriores, o fluxo positivo foi preponderante. Além disso, o último dado no azul anterior ao do mês de fevereiro foi observado há quase dois anos. Ou seja, é para comemorar.

O resultado foi favorável e ponto. Não devemos nos perder nesta discussão. Isto porque, como podemos observar no gráfico abaixo, o acumulado de janeiro e fevereiro (2016), que ficou em mais de 200 mil postos perdidos no período, passou para algo muito próximo ao terreno positivo no mesmo período deste ano. Assim, ficou claro que o ano passado foi o fundo do poço da economia nacional e levou com ele os impactos mais perversos sobre os empregos dos brasileiros.

Gráfico. Foto: Divulgação
Gráfico. Foto: Divulgação

O que esperar para este ano? Muito provavelmente fecharemos com resultado líquido positivo de vagas formais. Ou seja, o saldo entre admitidos e desligados será favorável. Vale lembrar que logo no início de 2017 a indústria e a agricultura foram os destaques e logo depois os serviços entraram na cesta de bons indicadores. Comércio e construção civil, embora ainda negativos, tiveram números melhores. Podemos, portanto, mesmo pela análise desagregada, manter o nível de otimismo aguardando novas divulgações positivas, sobretudo no próximo semestre.

Comentários

srzd



mais notícias